fbpx

Fórum de Saberes discute cultura indígena

Professora da Unisulma inicia doutorado em Botânica
29 de abril de 2016
Treinamento aborda prevenção e combate a incêndio
10 de maio de 2016

O evento é a culminância de uma visita à aldeia

“Antropologia: Fórum de Saberes” é o tema da atividade realizada no dia 29 de abril de 2016 no auditório da Unisulma. O momento reuniu professores e acadêmicos de Direito, Educação Física, Fisioterapia, Nutrição e Serviço Social, além de lideranças indígenas das etnias Krikati e Xavante.

Na visita à aldeia cada curso foi a campo com um tema para investigar de acordo com sua área de formação. Para a professora e organizadora da iniciativa, Maria Perpétuo Socorro, “a pesquisa possibilitou uma aprendizagem significativa. Faz com que saiamos das quatro paredes da nossa sala e possamos adentrar um mundo onde o pesquisado se torna um conteúdo riquíssimo”, explicou.

O fórum aconteceu em dois momentos, manhã e noite, e expôs as pesquisas feitas pelos universitários na aldeia São José em Montes Altos – MA. Na mesa de abertura a coordenadora de Nutrição, Juraciara Almeida esclareceu o objetivo da exposição dos trabalhos, “vamos neste espaço aprender e multiplicar esse aprendizado em relação ao que hoje chamamos de minorias étnicas raciais”.

No auditório lotado os acadêmicos mostraram relatórios sobre diversos aspectos dos índios, tais como: alimentação, atividade física, direito ambiental, educação, exclusão social, festas e rituais, leis indígenas, manejo e cultivo de alimentos, saúde, entre outros.

O aluno do 2º período de Direito, Arthur Almeida conta que quando o trabalho foi proposto teve dificuldade em encontrar assuntos do seu curso para pesquisar. Arthur aprova a visita e acredita,“ a partir daqui nossa visão vai ser ampliada para que possamos aprender mais sobre os índios”.

O Pajê Cerê lamenta que a visita tenha ocorrido apenas um dia, mas acredita que os estudantes compreenderam a organização da aldeia em seus estudos. A programação contou ainda com fala das lideranças indígenas, debate dos trabalhos apresentados, mostra de artesanato e momento cultural em que a artista Lília Diniz recitou poema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acessibilidade
//]]>