fbpx

Semana de Enfermagem aborda luta antimanicomial

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Aconteceu nos dias 7 a 11 de maio a décima primeira edição da Semana de Enfermagem, juntamente com o segundo Seminário VER-SUS Imperatriz. O evento nacional buscou ampliar o debate voltado a resistência ao retrocesso da assistência à saúde mental dentro da Rede de Atenção Psicossocial, fortalecendo e ampliando a discussão em torno da luta antimanicomial.

A abertura do evento, realizada no Palácio do Comércio, contou com uma mesa redonda com a temática geral com a presença de profissionais das áreas de Enfermagem, Fisioterapia, Nutrição e Psicologia.

Foi abordado na discussão que a substituição dos hospícios por Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), nas suas diferentes modalidades, é um investimento evolutivo no processo de tratamento, uma vez que a atenção é voltada a recursos interativos aos pacientes, com atendimento psicológico, nutricional e fisioterápico.

O momento contou ainda com peça teatral com estudantes e apresentações da escola SumayaEva, que levou o balé, o street dance e o jazz como estreia para o evento. A Semana de Enfermagem recebeu mais de 300 inscritos entre profissionais, comunidade acadêmica da saúde e áreas afins participando de uma vasta programação de apresentação de trabalhos, palestras, oficinas, mesas de debate e minicursos.

No dia 9 de maio ocorreu as apresentações de trabalhos científicos de pesquisas, relatos de caso e/ou experiência e revisão de literatura dentro dos eixos: rede de assistência à saúde mental; alterações clínicas e qualidade de vida frente a saúde mental e temas livres como gestão, educação e saúde. Os trabalhos apresentados serão publicados nos anais da Revista “Movimenta” e os três melhores receberam menção honrosa na solenidade de encerramento.